Francisco Lima Freitas

Francisco Lima Freitas

Nasceu no município de Capistrano – CE, a 22 de outubro de 1927. Iniciou os estudos em sua cidade natal, com sua irmã Diva Lima Freitas, cursando o primeiro grau no Seminário Seráfico – Messejana – CE concluindo o 2º grau no Seminário de Nossa Senhora, em Manhumirim – MG, onde iniciou Filosofia. Foi agente Fazendário em Capistrano – CE. Possui vários cursos como Intensivo para jornalista do Interior do Ceará, realizado em Limoeiro-CE,em 1971; Curso de Jornalismo para Jornalistas do Interior em Juazeiro do Norte-CE, em 1969; Curso para Jornalistas Colaboradores da ACEJI, em Fortaleza-CE, em 1982 e o urso de Jornalismo para Jornalistas Colaboradores em Canindé-CE. A época mais pródiga da sua iniciação da sua iniciação na oratória, foi quando pronunciou o seu primeiro discurso, na sede social da Aliança Artística e Proletária de Quixadá. Estreou como orador oficial da Sociedade de Amigos de Capistrano no início da década de 50.  Nos memoráveis conclaves da Associação Cearense de Jornalistas do Interior (ACEJI), costumava proferir discursos bombásticos e, às vezes, polêmicos, mormente quando solicitado pelos colegas e tinha a facilidade de levantar o ânimo dos congressistas e suscitar debates acalorados nos plenários do Congresso, sobre relevantes temas no que diz respeito aos interesses da entidade a que pertencia.  Foi orador oficial da Academia de Letras Municipais do Ceará (ALMECE). Enquanto residiu em Capistrano, a partir do início da década de 50, foi orador oficial em todos os atos cívicos, políticos e literários ali registrados.     Foi correspondente de Imprensa da TRIBUNA DO CEARÁ, DIÁRIO DO POVO, DIÁRIOS e ASSOCIADOS.     É articulista do matutino O ESTADO, onde já publicou mais de cem matérias. É membro DIRETOR do Sindicado dos Correspondentes de emissoras de Rádios, Jornais e Televisões do interior do Ceará e sócio da Associação Cearense de Imprensa – ACI. Participa da Associação Cearense de Jornalista do Interior e é Sócio Colaborador da Associação de Jornalistas e Escritores do Brasil -  AJEB Coordenadoria do Ceará.  É Presidente da Academia de Letras Municipais do Estado do Ceará – ALMECE (eleito pela 5º vez), e fundador do Jornal ACADEMUS, informativo desta entidade, colaborando também com o JORNAL DO LEITOR de “O POVO”. É possuidor de vários diplomas: Membro Efetivo da Academia de Letras Municipais do Estado do Ceará – ALMECE; Diploma de MÉRITO CULTURAL, concedido pela União Brasileira de Trovadores, UBT. – Seção de Fortaleza-CE; Diploma de AMIGO DA ALA FEMININA da Casa de Juvenal Galeno em Fortaleza-CE; Diploma de SÓCIO COLABORADOR da Associação de Jornalistas e Escritores do Brasil – AJEB, Coordenadoria do Ceará; Diploma de Sócio Efetivo da COOPCULTURA, ACEJI, SINCORCE e uma dezena de outras honrarias. Possui os seguintes trabalhos publicados: Monografia de Capistrano-Ceará – 1996; “Um pouco de Mim” (livro) – 1997, Síntese de um Pensamento” (livro) – 1999, “Coletânea da ALMECE” (co-participante e organizador) – 2001, “Síntese de um Pensamento Momento II (livro) – 2001, “Síntese de um Pensamento Momento III (livro) – 2002, Jornal “ACADEMUS” – é fundador e Diretor-Presidente (Informativo da ALMECE), COLETÂNEA DE AUTORES CEARENSES; autor participante – um lançamento da Cooperativa de Cultura do Estado do Ceará – COOPCULTURA – Presidida por Francisco Paiva Lima; Organizou e participou da ANTOLOGIA DA ALMECE – ano 2000; Colaborador da “REVISTA JANGADA” da Ala Feminina da Casa de Juvenal Galeno; É membro das seguintes entidades culturais: ACADEMIA DE LETRAS MUNICIPAIS DO ESTADO DO CEARÁ – ALMECE, ACADEMIA CAMOCINENSE DE LETRAS, ACADEMIAAA FORTALEZENSE DE LETRAS e ACADEMIA CEARENSE DE RETÓRICA – ACERE, da qual é coordenador de eventos. Acadêmico Honorário da ALACE – Medalha de Retor Padrão.

Pesquisar no site

© 2010 ALMECE - Todos os direitos reservados.