Amada Sempre - Vicente Alencar

 

Amada Sempre


 

Mulher minha

amada sempre

teu corpo é um poema.

Teu amor,

teu requebro,

teu olhar,

que beleza.

Me realizo vendo-te

encanta-me

a tua imagem.

 

 

NÓS

(Vicente Alencar)

 

No teatro

o clima,

nas mãos,

o aperto amoroso

de quem fica junto.

No beijo quente

os desejos do coração

quase partindo

os dois corpos

que explodem

em apertados abraços

de um amor maior.

Pesquisar no site

© 2010 ALMECE - Todos os direitos reservados.